Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

José Luiz Runco deixa departamento médico do Fla após 34 anos

Médico permanecerá trabalhando como colaborador voluntário

Estadão Conteúdo

11 de agosto de 2015 | 10h41

José Luiz Runco não é mais funcionário do Flamengo. Através de nota publicada no seu site oficial, o clube confirmou a saída do médico e agradeceu pelos serviços prestados durante os 34 anos em que trabalhou no clube. "O Flamengo agradece ao médico pelos anos de dedicação e trabalho pelo clube e o parabeniza pelos títulos que ajudou a conquistar", disse.

O Flamengo explicou que Runco não se desligará totalmente do clube porque seguirá atuando como um colaborador voluntário. "Runco continuará prestando serviços ao Mais Querido do Mundo, sem vínculo empregatício", explica o clube. Nesse período em que trabalhou no Flamengo, Runco também dividiu as suas atenções com a seleção brasileira por 16 anos, também deixando o comando do departamento médico há pouco tempo, após a realização da Copa do Mundo de 2014.

Na próxima sexta-feira, após o treinamento do Flamengo, Runco, o presidente Eduardo Bandeira de Mello, o diretor-geral Fred Luz e o diretor executivo de futebol Rodrigo Caetano concederão entrevista coletiva em que explicarão as mudanças no departamento médico do clube.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFlamengoJosé Luiz Runco

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.