EFE/EPA/MIGUEL A. LOPES
EFE/EPA/MIGUEL A. LOPES

José Mourinho comemora 20 anos como técnico: 'Vão ter de me aguentar mais uns anos'

Treinador português conquistou a Liga Conferência com a Roma nesta temporada, o seu quinto troféu europeu na carreira

AFP, O Estado de S.Paulo

03 de junho de 2022 | 13h53

Aos 59 anos, o técnico José Mourinho deixou claro nesta sexta-feira que ainda se sente "jovem". "Estou no início da minha carreira, (...) vão ter de me aguentar mais uns anos. Comparado com quem eu era há 20 anos, em termos de motivação, em termos de viver a minha profissão, nada mudou", disse o treinador da Roma, de 59 anos, durante uma conferência de imprensa na Faculdade de Motricidade Humana da Universidade de Lisboa, onde se licenciou em 1987.

Mourinho foi vencedor da primeira edição da Liga da Conferência nesta temporada, somando o seu quinto título europeu. O treinador português, que se emocionou bastante com a conquista, afirmou que encara as finais da mesma forma. "Esta final, a minha 18ª, salvo engano, não foi diferente da minha primeira, a Copa da Uefa (hoje Liga Europa) com o Porto em 2003", disse.

"Alguns dias antes há uma tensão especial, semelhante às horas antes do jogo. Os 90 minutos de jogo são quando me sinto mais calmo, sem emoções, depois voltam com o apito final", explicou o ex-técnico do Chelsea, Real Madrid ou Inter de Milão. 

A Roma terminou apenas na sexta posição do Campeonato Italiano, mas os torcedores fizeram uma grande festa pelo título da Liga Conferência, nova competição criada pela Uefa nesta temporada. O treinador português foi bastante celebrado pelas ruas da capital italiana e tem se sentido muito empolgado com a forte ligação com a torcida. 

O contrato de Mourinho com a Roma vai até 2024. O português já esteve comandando candidatos aos títulos da Liga dos Campeões, mas, apesar de trabalhos irregulares, segue bem conceituado no futebol europeu. Além da Liga Conferência, já foi campeão da Liga dos Campeões por Porto (2004) e Inter de Milão (2010), da antiga Copa da Uefa (atual Liga Europa), em 2003, com o Porto, e da Liga Europa, pelo Manchester United, em 2017.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.