Bruno Cantini/Atlético
Bruno Cantini/Atlético

José Welison é vetado e Larghi admite 'dúvida principal' entre Tomás e Leandrinho

Atlético-MG faz clássico contra o América-MG no domingo, pelo Brasileirão

Estadão Conteúdo

12 de outubro de 2018 | 18h34

O Atlético-MG realizou nesta sexta-feira o penúltimo treino antes de encarar o América-MG, domingo, no Independência, pelo Campeonato Brasileiro. A dois dias do confronto, no entanto, o técnico Thiago Larghi manteve o mistério e não confirmou a equipe que vai a campo para o duelo regional.

Uma das dúvidas, no entanto, foi resolvida nesta sexta-feira. O volante José Welison, com dores após sofrer uma pancada no joelho direito na derrota para a Chapecoense, foi vetado pelo departamento médico e está fora. Em seu lugar, Larghi vai escalar Adilson no domingo.

O mistério agora, então, gira em torno do substituto de Chará, que está à serviço da seleção colombiana. Tomás Andrade era o favorito para a vaga, mas reclamou de uma pancada no tornozelo direito e pode ver Leandrinho ficar com a titularidade. "Essa é a dúvida principal", admitiu Larghi nesta sexta-feira.

"O Leandro é um jogador que veio evoluindo com a condição física melhorada, está bem e vem buscando espaço no time. E o Tomás não é diferente, já foi titular em outras partidas e nos ajudou em vitórias recentes e importantes. É um jogador que tem a nossa confiança. A diferença principal é que o Tomás flutua um pouco mais que o Leandro, que é um pouco mais agudo", comentou o treinador.

Sem revelar a opção, Larghi fez questão de passar confiança aos dois nomes. "Mas, independente de quem a gente escolher, estará bem inserido dentro do nosso grupo. Espero que a gente faça uma boa partida no domingo porque a gente precisa desses três pontos", afirmou.

O Atlético-MG ainda sonha com uma vaga no G-4 para conquistar vaga direta à fase de grupos da Libertadores. A equipe tem 45 pontos, na sexta colocação da tabela, sete pontos atrás do quarto lugar São Paulo.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.