Bruno Cantini / Agência Galo / Atlético
Bruno Cantini / Agência Galo / Atlético

José Welison festeja a titularidade com Dudamel no Atlético-MG

Opção do técnico por três volantes agrada jogador, que atuou ao lado de Allan e Jair na estreia

Redação, O Estado de S.Paulo

23 de janeiro de 2020 | 19h00

Zé Welison comentou, nesta quinta-feira, o esquema tático com três volantes adotado pelo técnico Rafael Dudamel na vitória, por 1 a 0, contra o Uberlândia, terça-feira, na estreia do Atlético-MG no Campeonato Mineiro.

"Foi um sistema novo, que o professor pôde utilizar três volantes no meio de campo. Podemos atuar na primeira parte do primeiro tempo bem, quando estávamos com fôlego maior", disse o jogador, titular durante os 90 minutos.

Zé Welison ficou com a função de marcação e deixou a armação do início das jogadas para Allan e Jair. " Eu percebi que ele (Dudamel) gosta de um time organizado, padrão de jogo. Que faça várias jogadas combinadas. Que a gente vem treinando no dia a dia. E também que ele cobra bastante para fazer essa jogada. É uma função nova que estamos atuando. Esperamos aprender tudo que ele vem passando para o grupo no dia a dia. São situações diferentes e queremos aprender com ele."

O ano de 2019 foi de superação para Zé Welison, que começou a temporada sem ter chances entre os titulares, mas terminou o Campeonato Brasileiro como titular. Neste ano, a sua perspectiva é diferente. "Para conquistar o treinador é preciso dedicação e trabalho diário. É o que faço durante o tempo que estou no Atlético. Se depender de mim, não faltará garra, determinação para ajudar os companheiros. E eu dependo muito disso aqui. É alegria que temos que ter para poder trabalhar. Me dediquei na semana para poder ajudar o time e o professor Dudamel que está chegando ao clube."

O Atlético-MG volta aos gramados no domingo para a segunda rodada do Mineiro. O adversário será o Tupynambás, às 16 horas, no Estádio Independência.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.