Nilton Fukuda/Estadão - 30/11/2012
Nilton Fukuda/Estadão - 30/11/2012

Joseph Blatter se queixou de Dilma Rousseff ao técnico Felipão

Em agosto, cartola da Fifa recebeu uma visita do treinador da seleção e criticou a presidente

Jamil Chade - Correspondente, O Estado de S. Paulo

07 de janeiro de 2014 | 05h01

GENEBRA - O presidente da Fifa, Joseph Blatter, queixou-se do comportamento da presidente Dilma Rousseff ao técnico da seleção brasileira, Luiz Felipe Scolari, e, nos bastidores, alfineta a presidente sempre que é perguntado sobre o envolvimento do governo na preparação para a Copa.

O Estado apurou com pessoas da Fifa que a queixa de Blatter a Felipão ocorreu em agosto, quando o Brasil jogou um amistoso contra a Suíça. Felipão aproveitou sua passagem pelo país para fazer uma visita a Blatter, o que na época não foi noticiado pela CBF por se tratar de um compromisso privado.

Durante a conversa com Felipão, Blatter deixou clara sua insatisfação com Dilma. O cartola teria ficado inconformado com a ausência da presidente na final da Copa das Confederações, com a demora do governo para conter o impacto das manifestações nos dias de jogos e com a aparente falta de compromisso de Brasília com o evento.

Durante o torneio, Dilma também teria de certa forma esnobado Blatter, recebendo-o apenas em um encontro em uma base área do Rio de Janeiro. Após o evento, o suíço escreveu uma carta para a presidente em que deixou clara sua insatisfação e ficou ainda mais surpreso por não ter recebido resposta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.