Josué é contratado pelo São Paulo

A diretoria do São Paulo cumpriu a primeira exigência de Leão para 2005. A contratação de Josué, volante do Goiás, era considerada pelo treinador o primeiro passo para a formação do competitivo time com o qual ele pretende conquistar a Copa Libertadores. Josué assinou contrato por cinco anos.Por outro lado, a imprensa italiana assegura que a Fiorentina está perto de contratar Cicinho. Se o lateral-direito sair, Leão pretende contar com Anderson Lima, do São Caetano. A diretoria não confirma haver recebido proposta por Cicinho.O presidente Marcelo Portugal Gouvêa assegurou ao treinador que Josué foi apenas o primeiro dos quatro reforços pedidos. O segundo, mais adiantado, é Mineiro. O presidente continua insistindo com os dirigentes do São Caetano. Como o time do ABC não conseguiu a classificação para a competição sul-americana, a negociação deve ficar mais fácil. O próprio jogador já teria manifestado a vontade de atuar no Morumbi.Existe também o velho desejo de buscar Tcheco. O meia já conseguiu a sua liberação do futebol árabe. "Estamos negociando de novo. Ano passado, quase acertei com o presidente", disse o jogador, em Curitiba.O presidente Portugal Gouvêa informou que, como fez contratando o uruguaio Lugano, está buscando um jogador que não foi pedido por Leão. No Morumbi, dizem que este que seria Djalminha. O dirigente ainda se encanta com a habilidade do meia. Leão tem dúvidas se o atleta conseguiria conter o seu difícil gênio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.