Alexandre Vidal/Flamengo
Alexandre Vidal/Flamengo

Jovem Reinier treina com os profissionais e passa a ser opção no Flamengo

Jogador estava realizando amistosos com a seleção brasileira sub-17 e teve de ser chamado às pressas para compor o elenco, que conta com as baixas

Redação, Estadão Conteúdo

27 de julho de 2019 | 18h24

Uma série de lesões em um momento decisivo no ano fez com que a comissão técnica do Flamengo integrasse o jovem meia Reinier em atividades junto com a equipe profissional neste sábado, no CT Ninho do Urubu. A equipe se prepara para o jogo diante do Botafogo, neste domingo, pelo Campeonato Brasileiro, e especialmente para o duelo decisivo contra o Emelec, pela Copa Libertadores, na próxima quarta-feira.

Reinier estava realizando amistosos com a seleção brasileira sub-17 e teve de ser chamado às pressas para compor o elenco, que conta com as baixas de Vitinho, Diego, Everton Ribeiro e Arrascaeta, todos do setor de criação e entregues ao departamento médico.

No plantel principal do Flamengo, apenas o recém-contratado Gerson, que veio da Itália, costuma atuar na função e o garoto de 17 anos e 1,85m, que tem multa rescisória estipulada em 70 milhões de euros (aproximadamente R$ 308 milhões), passou a ser opção para o técnico Jorge Jesus.

Um dos primeiros colocados na tabela de classificação do Brasileirão, o time se prepara para o clássico deste domingo contra o Botafogo, às 16h, no Maracanã, pela 12ª rodada da competição. Mas o que tem sido assunto permanente nos corredores do Ninho do Urubu é mesmo a partida de vida ou morte na Libertadores contra o Emelec.

Derrotada por 2 a 0 em Guayaquil na última semana, a equipe carioca precisará de uma vitória por três gols de diferença para garantir uma vaga nas quartas de final do torneio continental na próxima quarta-feira e corre contra o tempo para tentar encontrar soluções visando este compromisso.

Inscrito na Libertadores, Reinier foi liberado nesta sexta-feira pela CBF das atividades com a seleção de base, que se prepara para o Mundial da categoria, participando do treinamento deste sábado junto com o time principal da equipe da Gávea.

Antes de ser relacionado para as próximas duas partidas, o atleta deve passar por uma avaliação psicológica e vai conversar com integrantes da direção e comissão técnica para saber sobre sua condição mental em um confronto tão importante para o clube.

Quem também participou da atividade desta manhã, a última antes do clássico contra o Botafogo, foram os meias Everton Ribeiro, que se recupera de uma lesão óssea no pé, e Arrascaeta, voltando de um problema muscular na coxa. Os dois meias apenas realizaram treinos leves na borda do campo e estão fora do jogo deste domingo. Eles correm contra o tempo para estar em campo contra o Emelec, na próxima quarta-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.