Jovem volante do Grêmio celebra gols, mas descarta comparação com Arthur

Jogador chegou ao clube no ano passado, vindo do São Caetano

Estadão Conteúdo

23 Janeiro 2018 | 13h26

Destaque do Grêmio nas duas primeiras rodadas do Campeonato Gaúcho, o jovem Matheus Henrique concedeu entrevista coletiva nesta terça-feira. Apesar de atuar como volante, o jogador de 20 anos tem se destacado ofensivamente e deixou sua marca no empate com o São Luiz e na derrota para o Caxias. Por isso, surgiram as primeiras comparações com outro jogador do elenco que atua na posição: Arthur.

"Ser comparado a ele, assim como com qualquer outro grande jogador, é sempre bom. Mas esse negócio de comparação é mais para quem está de fora. Sei da história do Arthur, do tanto que ele lutou. É um craque. Assim como ele teve a trajetória dele, estou buscando a minha", declarou.

+ Arthur volta a correr no gramado e dá sinais de recuperação no Grêmio

+ Técnico do Grêmio culpa 'falta de malandragem' por derrota de virada

Matheus chegou ao Grêmio no ano passado, emprestado pelo São Caetano, e está aproveitando as oportunidades no time de transição para buscar um espaço no elenco de Renato Gaúcho. Arthur também foi ganhando seu lugar aos poucos e serve de inspiração para o jovem volante, assim como todo o elenco que conquistou a Libertadores no ano passado.

"A gente sabe das últimas conquistas, então, se tratando de Grêmio, é mais responsabilidade, visibilidade. Agora, é o momento de aparecer, a hora de agarrar as oportunidades, de aparecer pro Brasil inteiro. Todos vão estar olhando", considerou Matheus.

O jogador será novamente titular do Grêmio no duelo diante do Avenida, nesta quarta, fora de casa. Paulo Miranda, de volta após cumprir suspensão, deverá ser a única novidade. Já o volante Rodrigo Anchieta sofreu um pisão no pé direito no treino de segunda-feira e foi vetado.

Desta forma, a tendência é que o Grêmio entre em campo na quarta, em busca de sua primeira vitória no Gaúcho, com: Bruno Grassi; Madson, Paulo Miranda, Mendonça e Guilherme Guedes; Balbino, Matheus Henrique, Pepê, Jean Pyerre e Lima; Isaque.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.