Jovem zagueiro santista exalta trabalho de interino

Gustavo Henrique já conhecia Caludinei Oliveira desde as categorias de base

SANCHES FILHO, Agência Estado

24 de junho de 2013 | 15h44

SANTOS - O jovem zagueiro Gustavo Henrique, de 20 anos, foi um dos destaques do Santos na última partida antes da paralisação para a Copa das Confederações. Ele aproveitou o espaço dado por Claudinei Oliveira e foi muito bem na vitória por 1 a 0 sobre o Atlético-MG, pelo Campeonato Brasileiro. Gustavo já conhecia o trabalho do técnico-interino desde as categorias de base e fez questão de exaltá-lo.

"É muito bom saber que tem um cara que conhece nosso trabalho. Torço muito por ele e ele torce pela ?molecada?. Praticamente desde que cheguei aqui, já conheço ele", disse, antes de afirmar seu apoio à efetivação de Claudinei. "Torcemos por ele. É um grande treinador. Já mostrou isso e esperamos que fique sim."

O próprio Gustavo Henrique elogiou a atuação contra o Atlético-MG e admitiu que foi sua melhor partida pelo Santos até o momento. "Fui muito bem naquele jogo. Procurei me concentrar muito naquele jogo. Era uma oportunidade muito boa. Tinha feito dois jogos, contra Flamengo e Botafogo. Procurei ficar tranquilo para fazer o meu melhor papel."

E meio à disputa da Copa das Confederações, ele está tendo a oportunidade de observar dois dos zagueiros no qual se inspira para atuar: David Luiz e Thiago Silva, titulares da defesa da seleção brasileira. "Vejo muito os dois zagueiros da Seleção. David Luiz e Thiago Silva. Procuro ter o estilo de jogo deles, sair jogando, mas se precisar dar chutão, dou o chutão. Sou zagueiro e não posso errar. São meus ídolos", comentou Gustavo.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantos FCGustavo Henrique

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.