Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Jovens escalam muro para ver treino do Corinthians e Arana lembra do passado

Garotos agitaram a atividade nesta quinta-feira

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

27 de abril de 2017 | 20h23

Uma cena curiosa aconteceu durante o treinamento do Corinthians nesta quinta-feira, no CT Joaquim Grava. Três garotos subiram em um muro que dá acesso a um dos campos do local de treino para acompanhar o treino e tietar os jogadores. O goleiro Cássio e o volante Gabriel foram os mais chamados pelo trio. 

Enquanto os jogadores faziam um treino tático, os meninos gritavam e tentavam chamar a atenção. Em alguns momentos, os atletas chegaram a olhar para eles e acenar. Kazim e Cássio foram alguns dos que notaram os meninos. O lateral-esquerdo Guilherme Arana, lembra que no passado também já fez aventuras parecidas para conseguir ter contato com seus ídolos do Corinthians.

"Antigamente, meus primos e eu ficávamos gritando na grade o nome dos jogadores e hoje, eu tenho o nome gritado. Isso me deixe muito feliz, pois é um daqueles sonhos de criança e pode ter certeza que os meninos que estavam gritando sonham estar aqui onde estamos", disse o lateral-esquerdo.

O volante Maycon também comentou sobre a 'visita ilustre'. "Lembro da final da Libertadores (de 2012), quando a gente assistiu junto o jogo. Foi especial e a gente sonhava um dia jogar um jogo daquele tamanho", comentou. 

Entre os sonhos de Maycon e Arana, conquistar um título é um deles. Por isso, ambos admitem ansiedade por estarem tão perto de concretizar mais uma vitória profissional.

"Estamos felizes por jogar essa final. Sabemos que vai ser difícil, mas é um título muito importante para nós", disse Arana, que foi campeão brasileiro em 2015, mas participou pouco da campanha.

Notícias relacionadas
Tudo o que sabemos sobre:
CorinthiansFutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.