Jr. Baiano consegue efeito suspensivo

Beneficiado por um efeito suspensivo, o zagueiro Júnior Baiano, do Flamengo, vai poder enfrentar o Vasco, domingo, pela Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca. Na quarta-feira, o jogador foi apenado com cinco jogos de suspensão por ofender o árbitro Wagner Tardelli, por causa da expulsão na partida contra o Volta Redonda, dia 27 de fevereiro.Como o Flamengo entrou com um recurso para que Baiano seja julgado em segunda instância, o Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) optou por conceder o efeito suspensivo nesta quinta para não prejudicar o atleta. O jogador foi condenado tendo por base dois artigos do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD): por ter feito gestos sugerindo que o árbitro estava agindo de má-fé, e por tê-lo ofendido.Ao saber que poderá escalar Baiano contra o Vasco, o técnico do Flamengo, Cuca, não escondeu sua felicidade. Mas o treinador ainda quis demonstrar seu descontentamento com a punição imposta ao zagueiro. "Não adianta considerar que a suspensão foi excessiva porque o Júnior Baiano já está punido. Mas, o fato é que a pena foi muito grande", disse Cuca.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.