Arquivo/AE
Arquivo/AE

Juan discute com Cuca durante o treino do Flamengo

Técnico explicou que motivo da rusga foi uma sugestão dada pelo lateral para modificar o período de treinos

AE, Agencia Estado

18 de maio de 2009 | 14h12

O lateral-esquerdo Juan discutiu com o técnico Cuca e deixou por alguns minutos o treino do Flamengo, na manhã desta segunda-feira, na Gávea. Ele permaneceu um tempo treinando na academia e voltou ao campo nos minutos finais, para correr ao lado de Adriano, que fazia seu primeiro treino físico após a apresentação ao clube.

Veja também:

especial Visite o canal especial do Brasileirão

especial Jogue o Desafio dos Craques

som Ouça os gols do empate entre São Paulo e Atlético Paranaense

tabela Brasileirão Série A - Classificação e Calendário

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Cuca explicou que o motivo da rusga foi uma sugestão dada pelo lateral para modificar o estilo do treino, o primeiro após o empate com o Avaí, no sábado. "Normalmente é um treino leve, um trote e trabalho de finalizações, como estamos necessitando", enfatizou Cuca, lembrando que o time está há três jogos sem marcar gols.

"Em um determinado momento do trabalho ele disse que seria melhor fazer o treino inteiro pela manhã para descansar à tarde. Eu disse que não. Foi essa a discordância. Eu disse que se não quisesse que saísse, mas depois ele voltou", completou o técnico, enfatizando que, se não tivesse retornado ao campo, Juan seria barrado da viagem para Porto Alegre, onde o Flamengo enfrenta o Internacional, na quarta-feira, pelas quartas-de-final da Copa do Brasil.

Com o empate por 0 a 0 no Maracanã, na semana passada, o Flamengo avança às semifinais com uma vitória simples ou uma igualdade com gols. No Brasileiro, a equipe tem apenas um ponto, do empate com o Avaí, no sábado - na estreia, perdeu por 2 a 0 para o Cruzeiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.