Juan é suspenso por 30 dias, e desfalca o Flamengo

O lateral-esquerdo Juan está fora do jogo entre Flamengo e Santo André, domingo, no ABC paulista, pela terceira rodada do Brasileirão. O jogador foi suspenso por 30 dias pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) nesta sexta-feira por ter ameaçado o meia Maicosuel no primeiro jogo da final do Campeonato Carioca, contra o Botafogo.

AE, Agencia Estado

22 de maio de 2009 | 21h28

A diretoria do Flamengo já avisou que tentará obter um efeito suspensivo para os jogos seguintes do Brasileirão. Mas como o STJD não funciona no final de semana, o lateral será desfalque garantido do time neste domingo.

Juan foi denunciado nos artigos 278 (ameaçar alguém, por palavra, escrito ou, gestos ou por qualquer outro meio, causar-lhe mal injusto ou grave), e 258 (assumir atitude contrária à disciplina ou à moral desportiva) do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD).

O lateral foi punido com base no primeiro artigo, que prevê suspensão de 30 a 120 dias. Em seguida, o jogador do Flamengo foi absolvido do artigo 258, que poderia deixá-lo longe dos gramados por até dez jogos.

A jogada que levou à punição de Juan aconteceu no primeiro jogo da final do Campeonato Carioca. Na ocasião, o lateral fez ameaças com o dedo em riste à Maicosuel, que estava deitado no gramado após receber falta do jogador do Flamengo. O meia botafoguense havia tentado driblar o adversário e foi derrubado junto à lateral direita do campo do Maracanã.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.