Twitter/Flamengo
Twitter/Flamengo

Juan elogia festa da torcida do Fla e Vinicius Junior fala em 'sonho realizado'

"Emociona, com certeza. A gente espera sempre que a torcida nos surpreenda, sabemos da força da nossa torcida. Onde vamos, somos festejados", disse o zagueiro

Estadão Conteúdo

17 de abril de 2018 | 19h34

Se a torcida do Flamengo queria embalar os jogadores do Flamengo com a festa realizada nesta terça-feira, parece ter conseguido. Momentos depois de milhares de flamenguistas comparecerem ao Maracanã para o treino aberto desta terça-feira, um dos mais experiente jogadores do elenco, o zagueiro Juan, e um dos mais jovens, o atacante Vinicius Junior, reverenciaram o show das arquibancadas.

+ Confira a tabela do Campeonato Brasileiro

"Emociona, com certeza. A gente espera sempre que a torcida nos surpreenda, sabemos da força da nossa torcida. Onde vamos, somos festejados. Não tinha como esperar diferente. Depois que times tiveram treinos abertos, esperamos Maracanã lotado", comentou Juan. "Realizei um sonho. Não é para qualquer um. Eram 15h e essa torcida toda estava aqui", disse Vinicius Junior.

Foram 45.977 presentes nas arquibancadas, segundo o próprio Flamengo, para embalar a equipe para o duelo de quarta-feira diante do Independiente Santa Fe, no próprio Maracanã. Na partida, o time rubro-negro não poderá contar com o apoio da torcida, já que os portões do estádio estarão fechados graças a uma suspensão da Conmebol.

"Infelizmente não teremos apoio amanhã, mas vamos ter esse pensamento positivo", projetou Juan. "Temos que mentalizar desde o momento que entramos ali e vimos aquele espetáculo. É difícil jogar sem torcida. Vamos imaginar os milhões de torcedores que vão estar torcendo pela gente em casa."

O duelo será válido pela terceira rodada do Grupo D, liderado pelo Flamengo com quatro pontos e que tem o Santa Fe como terceiro colocado, com dois. Vinicius Junior alertou para os perigos do adversário, que empatou com Emelec e River Plate nas primeiras rodadas.

"A expectativa é a melhor possível, mas, com certeza, vai ser um jogo muito difícil. Contra o Emelec e o River, eles jogaram de igual para igual. Na Libertadores, é preciso estar muito concentrado para sair vencedor", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFlamengoJuanVinícius Júnior

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.