Ricardo Moraes/Reuters
Ricardo Moraes/Reuters

Juan ergue a taça e comemora último título pelo Flamengo: 'Só tenho a agradecer'

Zagueiro de 40 anos irá pendurar as chuteiras no próximo fim de semana

Redação, Estadão Conteúdo

21 de abril de 2019 | 19h22

O 35.º título carioca do Flamengo foi bastante comemorado por todos rubro-negros presentes no Maracanã. Mas teve um gostinho especial para Juan. Prestes a se aposentar, o zagueiro de 40 anos foi o responsável por erguer o troféu.

"Só tenho a agradecer por terminar minha carreira com esse título, fazer parte da história desse clube é um orgulho muito grande. Só tenho que agradecer o carinho que a torcida do Flamengo tem por mim. Eu vim da arquibancada, cresci no clube", comemorou Juan.

O zagueiro ficou apenas como opção no banco de reservas neste domingo, mas, na hora da premiação pelo título no Maracanã, recebeu a faixa de capitão do meia Diego para erguer o seu último troféu com a camisa rubro-negra. "Por toda a história, o Juan merece erguer o troféu. É meu amigo, mas, além de ser meu amigo, tem uma história e ele merece esse reconhecimento", explicou o camisa 10.

Com contrato até o fim do mês, Juan vai fazer sua despedida oficial no dia 27, quando o Flamengo recebe o Cruzeiro, no Maracanã, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro. Ao todo, são 331 partidas e 32 gols marcados.

O Flamengo, porém, não vai ter muito tempo para comemorar, já que na próxima quarta-feira tem um importante jogo contra a LDU, no Equador, pela quinta rodada da Copa Libertadores. Na liderança do Grupo D, com os mesmos nove pontos do Peñarol, do Uruguai, o Flamengo joga pelo empate para garantir a classificação às oitavas de final de forma antecipada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.