Anderson Stevens / Sport
Anderson Stevens / Sport

Juazeirense x Sport pela Copa do Brasil tem apagão, sumiço de gandulas e irrigadores ligados

Ainda teve mais: atendimento em ambulância e discussão com vizinhos do estádio; time baiano vence por 3 a 2, mas jogo pode ir para o STJD

Redação, O Estado de S.Paulo

11 de março de 2021 | 00h13

O jogo entre Juazeirense-BA e Sport pela Copa do Brasil pode ser a definição de caos. Enquanto houve jogo, a partida teve diversas emoções: o time baiano saiu na frente aos dois minutos de jogo; aos 21 do primeiro tempo, o Sport já havia virado, mas a Juazeirense conseguiu reverter o placar e revirar para 3 a 2 aos 22 minutos da etapa final.

Com o placar, o time da casa garantiria a classificação para a próxima fase, enquanto o empate favorecia os pernambucanos. Após o terceiro gol, uma série de eventos estranhos começaram a acontecer no estádio Adauto Moraes. Aos 24 e aos 32 minutos da etapa, os irrigadores do gramado ligaram, encharcando os atletas em campo e interrompendo a partida.

Antes dos irrigadores ligarem pela segunda vez, os gandulas do estádio sumiram. Aos 32, em um lateral do Sport, não havia nenhuma bola disponível para Patric arremessar em campo. O jogador do rubro-negro de Recife teve que pular a placa de publicidade, quando somente então alguém decidiu lhe dar uma bola para recomeçar o jogo.

A presença de uma ambulância no gramado se mostrou necessária: o zagueiro Dedé, autor do terceiro gol da Juazeirense, acabou se chocando com o atacante adversário Mikael, e ficou apagado no gramado. Atendido pela equipe do Samu, o defensor se recuperou e voltou a campo.

Com todo esse tempo parado, o juiz decidiu dar 11 minutos de acréscimo, para o raiva do banco da Juazeirense. Contudo, uma queda de energia em alguns refletores paralisou a partida novamente. Nesse momento, membros da comissão técnica do Sport discutiram com moradores vizinhos ao estádio.

Depois de mais de uma hora de interrupção, os jogadores do Sport se recusaram a retomar a partida para os minutos finais. Dessa forma, como a partida já estava acabando, o juiz deu o jogo por encerrado e a Juazeirense ficou com a vaga na próxima fase da Copa do Brasil.

Torcedores do Sport pediam nas redes sociais que o clube entrasse na Justiça para pedir a anulação da partida, acreditando que as confusões foram causadas pela Juazeirense. O clube não informou se tentará mover uma ação no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

O vencedor deste duelo vai pegar o vencedor de Castanhal-PA e Volta Redonda-RJ que vão se enfrentar dia 17 no estádio Modelão, no interior do Pará.


Confira os resultados da 1ª rodada da Copa do Brasil:

TERÇA-FEIRA

Campinense-PB 1 x 7 Bahia *

Águia Negra-MS 0 x 1 Vitória *


QUARTA-FEIRA

Gama-DF 1 x 2 Ponte Preta *

Madureira-RJ 0 x 1 Paysandu *

*4 de Julho-PI 1 x 0 Confiança

*Cianorte-PR 1 x 0 Paraná

*Rio Branco-AC 2 x 1 Sampaio Corrêa-MA

Juazeirense-BA 3 x 2 Sport (suspenso)


* classificados à 2.ª fase

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.