Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Jucilei comemora vitória sobre o Cruzeiro e espera São Paulo no G-4

Volante acha que o time tem condições de conquistar os nove pontos que faltam para o final do Brasileirão

Paulo Favero, O Estado de S.Paulo

19 de novembro de 2018 | 11h04

O São Paulo se manteve na briga para conquistar uma vaga direta na fase de grupos da Copa Libertadores. No domingo, o time venceu o Cruzeiro por 1 a 0 e chegou aos 62 pontos no Campeonato Brasileiro, o mesmo número de Grêmio, que está na quarta posição (o tricolor do Morumbi é quinto porque perde no número de vitórias: 17 contra 16).

"Queria parabenizar o grupo pelo trabalho que fez nesse ano e pelo jogo que fez contra o Cruzeiro. A gente queria o título, não deu, mas garantimos a Libertadores e vamos atrás do G-4. Queremos ganhar nove pontos até o final", explicou o volante Jucilei, sobre a reta final da competição nas próximas semanas.

 

Matematicamente, o São Paulo confirmou sua vaga na Libertadores, mas no momento entraria na fase inicial e um vacilo poderia causar a eliminação. Se ficar entre os quatro mais bem colocados do Brasileirão, a equipe entraria na fase de grupos. Por isso a briga é com Grêmio, Internacional (65 pontos) e Flamengo (66 pontos).

Na próxima rodada, o São Paulo vai visitar o Vasco em São Januário, na quinta-feira. Só que Flamengo e Grêmio se enfrentam, ou seja, o tricolor do Morumbi sabe que pode se aproveitar desse confronto direto. Depois, a equipe do técnico André Jardine vai encarar ainda Sport, em casa, e Chapecoense, fora de casa, dois times que lutam contra o rebaixamento.

Para Jucilei, o São Paulo não pode ficar contente em apenas ir para a Libertadores, pois a meta desde o início era ser campeão brasileiro. Mas sem chance de conquistar o título, a missão agora é ficar entre os quatro. "Os 20 times que entram querem ser campeões. Não deu, então agora almejamos o G-4 e vamos trabalhar para que isso aconteça", frisou.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.