Jucilei fecha com time chinês e vai reencontrar Tardelli

O volante Jucilei anunciou neste domingo que será mais um brasileiro a desbravar o futebol chinês. O jogador, que estava no Al Jazira, dos Emirados Árabes Unidos, acertou para reforçar o Shandong Luneng. Na equipe chinesa, vai trabalhar com o técnico Cuca, o também volante Júnior Urso e os atacantes Alosío e Diego Tardelli.

Estadão Conteúdo

28 de junho de 2015 | 14h25

Curiosamente, Jucilei já jogou com Tardelli. Os dois atuaram juntos em outra aventura, na Rússia, tendo sido companheiros de equipe no Anzhi, da Rússia, quando a equipe foi comprada por um bilionário e começou a investir pesado na contratação de reforços. A decisão de ir jogar na Rússia, aliás, à época fechou as portas da seleção para o volante.

Outro jogador que chegou este fim de semana à China foi o atacante Demba Ba. O senegalês se tornou o atleta mais caro do futebol chinês depois que o Shanghai Shenhua decidiu pagar cerca de 16 milhões de euros pelo atacante, artilheiro do Campeonato Turco pelo Besiktas.

A transferência supera os 15 milhões de euros desembolsados pelo Guangzhou Evergrande para tirar Ricardo Goulart do Cruzeiro, no início do ano. Aos 30 anos, Demba Ba tem no currículo passagens por Hoffenheim, West Ham e Chelsea.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolJucileiCampeonato Chinês

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.