Jonne Roriz/AE
Jonne Roriz/AE

Jucilei garante que Corinthians não pensa no clássico

Preocupação é o Cruzeiro, adversário de domingo, garante o volante - que não nega querer atrapalhar o rival

Rafael Vergueiro, estadao.com.br

24 de outubro de 2009 | 11h22

Falta uma semana para o Corinthians enfrentar o Palmeiras em seu último clássico no Campeonato Brasileiro deste ano. O jogo contra o arquirrival, que atualmente lidera a competição, já é aguardado com ansiedade pelos torcedores. O volante Jucilei, porém, garante que o time alvinegro não pensa nisso ainda.

Veja também:

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

"Por enquanto, o time não pensa no clássico, antes temos Cruzeiro e Vitória. Apesar disso, é o único clássico que falta antes de terminar o campeonato e por ser importante para o time e a torcida, temos de dar tudo neste jogo. Seria bom atrapalhar o Palmeiras na luta pelo título... Se tem de ter um campeão, que não seja o Palmeiras", brinca.

O lembrete do volante é de que o Corinthians joga neste domingo contra o Cruzeiro, às 18h30, no Estádio do Pacaembu, e depois pega o Vitória, antes do duelo contra o time alviverde. O time titular em casa neste fim de semana deve ser: Felipe; Alessandro, William, Chicão e Marcelo Oliveira; Jucilei, Edu e Elias; Jorge Henrique, Dentinho e Ronaldo.

Jucilei conta o que o técnico Mano Menezes pediu ao time para enfrentar os mineiros. "A intenção é jogar um pouco mais fechado, não tão aberto como contra o Sport, que prejudicou o time. O Cruzeiro tem muita qualidade, sabe jogar pelas pontas. O Guerron é um dos ótimos jogadores, tem um excelente toque de bola e é o melhor time do segundo turno do Brasileirão".

Apesar do time alvinegro praticamente não ter mais chance de ser campeão, o volante fala da motivação para entrar. "Esses últimos jogos vão servir como teste principalmente para os jogadores novos, que vão ter de mostrar o que sabem para o próximo ano, quando tem a Libertadores."

TRANQUILIDADE

O último treino antes do jogo contra o time mineiro foi calmo neste sábado no Parque São Jorge. Após um rachão sob sol intenso e calor, Chicão, Edno e Defederico ainda ficaram treinando faltas e pênaltis.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.