Nilton Fukuda|Estadão
Nilton Fukuda|Estadão

Jucilei recebe a camisa 25 e diz que prefere ser primeiro volante no São Paulo

Jogador vai intensificar os trabalhos físicos para ficar à disposição de Ceni

Paulo Favero, O Estado de S. Paulo

14 Fevereiro 2017 | 16h15

Emprestado até o final do ano pelo Shandong Luneng, o volante Jucilei não vê a hora de estrear pelo São Paulo. Ele, que ganhou a camisa 25, vinha treinando com um personal trainer em São Gonçalo, no Rio, mas está em um patamar abaixo de seus companheiros. Por isso, vai intensificar os trabalhos para ficar à disposição do técnico Rogério Ceni o mais rápido possível.

"Minha parte física está ficando boa, estou treinando dois períodos, com muita vontade de jogar. Desde 18 de janeiro estava mantendo a forma no Rio, cheguei aqui faz cinco dias e estou treinando. A parte física está se aprimorando a cada dia", explicou o jogador. "Para jogar vai demorar um pouco, não depende só de mim. Mas estou doido para jogar", continuou.

Aos 28 anos, Jucilei retorna ao abril após seis anos atuando no exterior. Ele começou sua trajetória no Grêmio Esportivo Sul Brasileiro, no Rio Grande do Sul, mas seu grande momento foi entre 2009 e 2011, pelo Corinthians. Depois se transferiu para o Anzhi, da Rússia, foi para o Al-Jazira, dos Emirados Árabes Unidos, e então se mudou para a China, para jogar no Shandong Luneng.

"O São Paulo é um time muito grande e eu planejo fazer um bom ano, uma boa temporada. Passei pelo Corinthians, mas agora estou muito mais experiente, vontade imensa de jogar e mostrar meu futebol para a torcida que às vezes fica desconfiada. Estou pronto para jogar. Desde 2014 o São Paulo tinha interesse na minha contratação, acreditava no meu trabalho e tinha respeito por mim", disse.

Versátil, o atleta pode atuar em várias posições no meio, podendo ser primeiro ou segundo volante, e até meia. Também já atuou como zagueiro e como lateral-direito. No São Paulo, vai brigar por posição no meio com João Schmidt e Thiago Mendes. "O São Paulo pode me colocar na seleção de novo. Esse é um dos motivos que eu voltei também. Eu ajudei muito o Cuca e o Felix jogando de zagueiro, mas vim para jogar de primeiro volante. Claro que caso ele precise posso ajudar em qualquer posição", comentou.

 

Mais conteúdo sobre:
São Paulo FC Futebol São Paulo Jucilei

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.