Judô define Grand Prix em São Caetano

Dos oito clubes que iniciaram o Grand Prix Nacional de Judô, há três meses, restam apenas Sogipa e São Caetano, que vão definir o título da competição nesta quinta-feira, no Imes de São Caetano. A Sogipa, do Rio Grande do Sul, só precisa vencer uma das séries de três combates para ficar com o primeiro lugar. Minas Tênis e São Paulo brigarão pelo terceiro lugar.?O time está bem concentrado para reverter o resultado. Vamos com a equipe completa, com todo mundo no peso certo. Com isso estaremos mais competitivos?, afirmou o meio-leve Henrique Guimarães, de São Caetano, que fará com o gaúcho João Derly uma prévia das seletivas olímpicas pela vaga em Atenas/2004. ?Agora, a cabeça vale tanto quanto a técnica. E aí valerá muito nossa experiência?, acrescentou o judoca. Pela Sogipa, o leve Moacir Mendes Jr. fala sobre o espírito do grupo: ?Agora não tem tática, não tem o que mudar. Vamos com a mesma equipe, cada um fazendo o seu, sem ficar nervoso.? O judoca começou a competir como leve há apenas quatro meses. ?Nunca enfrentei o Chicão (Luiz Camilo, titular da equipe brasileira permanente). Vamos ver.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.