Juiz "foge" da seleção brasileira

O juiz da partida entre Uruguai e Brasil, o escocês Hugh Dallas, tinha reserva no mesmo hotel da seleção brasileira. Ao chegar ao local, depois de uma cansativa viagem de seu país, achou prudente não dividir o mesmo espaço com os atletas brasileiros. Seguiu, então, para um hotel no bairro Carrasco.Quando a bagagem já estava no quarto, foi informado de que o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira, estava no local. Dallas cancelou seu check in novamente e saiu pela noite de Montevidéu à procura de um outro lugar para dormir.

Agencia Estado,

30 de junho de 2001 | 13h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.