Juiz mexicano vai apitar partida entre Alemanha e Itália

O árbitro mexicano Benito Archundia, que também é advogado e economista, foi escolhido neste domingo pela Fifa para apitar a primeira semifinal da Copa do Mundo, entre Alemanha e Itália - o jogo acontecerá nesta terça-feira, em Dortmund. Archundia, de 40 anos, começou a apitar partidas entre seleções no ano de 1994 - seu primeiro jogo foi entre Estados Unidos e Grécia. O árbitro fala espanhol e inglês e tem como hobby, além do futebol, o videogame e a leitura. Essa será a quinta partida de Archundia no Mundial - na primeira fase, ela já havia apitado Brasil x Croácia, França x Coréia e República Checa x Itália. Nas oitavas, ele apitou o confronto entre Suíça x Ucrânia. O mexicano será auxiliado pelo seu compatriota José Ramírez e o canadense Héctor Vergara. O quarto árbitro da partida será o japonês Toru Kamikawa - o quinto juiz, Yoshikazu Hiroshima, também é do Japão. O Comitê de Arbitragem da Fifa ainda não divulgou o nome do árbitro que apitará a outra semifinal, que será disputada entre França e Portugal, na cidade de Munique, na próxima quarta-feira.

Agencia Estado,

02 Julho 2006 | 13h37

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.