Ivan Storti/Santos
Ivan Storti/Santos

'Juiz não interferiu, ganharam da gente na bola', lamenta santista Luan Peres

Atacante Marinho, no entanto, reclamou muito com Leandro Pedro Vuaden após derrota para o Ceará por 1 a 0 e eliminação na Copa do Brasil

Redação, Estadão Conteúdo

04 de novembro de 2020 | 22h23

Marinho ficou totalmente alucinado assim que Leandro Pedro Vuaden apitou o fim da derrota do Santos para o Ceará, por 1 a 0, no Castelão. O astro da equipe queria partir para cima do árbitro, como se a eliminação fosse por causa de algum erro. O destempero contrastou com a serenidade de Luan Peres, que foi preciso ao definir o motivo da eliminação do time nas oitavas de final da Copa do Brasil. "Eles ganharam da gente na bola."

Com a cabeça fria, Luan Peres mostrou lucidez para avaliar o confronto e ainda mandou indireta para o companheiro. "Acho que a arbitragem não influenciou, eles ganharam da gente na bola", admitiu a superioridade do Ceará, sobretudo no segundo tempo. "Não vejo motivo para reclamar deles. Não fizemos o jogo que pretendíamos para fazer", observou.

Depois de ir bem contra o Bahia no fim de semana, a ideia do Santos era repetir o volume ofensivo e anotar gols para pressionar os donos da casa. Porém, a estratégia não deu certo no Castelão.

"Criamos chances, mas não fizemos o gol. Eles tiveram e fizeram", falou Lucas Peres, sem esconder a decepção com a queda de rendimento após o intervalo. "No primeiro tempo a gente foi bem na organização, mas não aproveitamos. Não é desculpa, mas bateu o cansaço no segundo tempo", alegou. "Agora temos de ficar na Libertadores e no Brasileirão."

E não há mesmo tempo para o Santos reclamar. No domingo a equipe já volta a campo diante do Red Bull Bragantino, novamente fora de casa, pelo Brasileirão. Cuca terá de avaliar o elenco, pois muitos jogadores realmente mostram esgotamento físico.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.