Juiz proíbe Boca de negociar atletas

O Boca Juniors está proibido de vender ou contratar jogadores, por causa de um embargo judicial em suas contas bancárias. A medida foi tomada pelo juiz Jorge Blake, nesta segunda-feira, em Buenos Aires, para garantir o pagamento de uma dívida de cerca de US$ 3 milhões que o clube argentino tem com o atacante Claudio Paul Caniggia.Caniggia ganhou um processo trabalhista que mantinha com o Boca desde 1999. Por isso, o clube lhe deve US$ 2.459.469,00 de salários atrasados e mais US$ 800 mil por ?lucro cessante e danos morais?. Atualmente, o atacante está no Glasgow Rangers, da Escócia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.