Juiz Rodrigo Cintra é afastado após expulsar jogador errado

Expulsar o jogador errado durante a partida entre Corinthians e Rio Branco, sábado, no Pacaembu, custou ao árbitro Rodrigo Martins Cintra um período na "geladeira". O presidente da Comissão de Arbitragem da Federação Paulista de Futebol (FPF), coronel Marcos Marinho, anunciou nesta segunda-feira que ele será retirado temporariamente das escalas para passar por um período de reciclagem. ?Ele realmente não atravessa um bom momento?, admitiu Marinho.Cintra vinha se envolvendo em polêmica na maioria dos jogos que apitava, mas a gota d?água foi o erro que cometeu no sábado. Ainda no primeiro tempo, o juiz anotou falta de Felipe, do Rio Branco, em cima do atacante Nilmar e deu cartão amarelo para o jogador do time de Americana. Mas o autor da falta foi Josias. Como Felipe já tinha havia recebido cartão amarelo, foi expulso injustamente.?O erro aconteceu. Ele [Cintra] pensou que fosse um jogador, mas foi outro?, explicou Marinho. ?Ele precisa agora de um tempo para se reciclar, se recuperar?, acrescentou.Além deste lance, o juiz voltou a se complicar no jogo ao expulsar o corintiano Bruno Octávio num lance normal, em que ele apenas se chocou com um jogador do Rio Branco - o volante do Corinthians havia recebido o cartão amarelo minutos antes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.