REUTERS/Agustin Marcarian
REUTERS/Agustin Marcarian

Julián Álvarez comanda goleada do River Plate e marca 6 gols sobre o Alianza Lima na Libertadores

Jovem centroavante já está negociado com o Manchester City e mostra novamente seu faro artilheiro

Redação, Estadão Conteúdo

25 de maio de 2022 | 23h46

O River Plate encerrou a primeira fase da Libertadores com uma expressiva goleada por 8 a 1 sobre o Alianza Lima, em partida disputada nesta quarta-feira, no Monumental de Núñez. O placar histórico foi construído com atuação individual das mais marcantes: Julián Álvarez balançou as redes seis vezes.

O feito do argentino é raro. Ele é apenas o segundo jogador na história da Libertadores a marcar seis gols em uma mesma partida. Até então, o também Juan Carlos Sánchez era o único que ostentava tal marca. Em 1985, anotou seis vezes pelo Blooming em goleada por 8 a 0 sobre o Deportivo Italia, também durante a fase de grupos.

Álvarez, responsável por igualar a marca, é uma das grandes sensações do futebol argentino e já está vendido ao Manchester City, clube ao qual se apresenta nas próximas semanas para a temporada 2022/2023. Por isso, o River Plate já não contará mais com ele no mata-mata da Libertadores.

Com a vitória histórica desta noite, o time argentino garantiu a segunda melhor campanha geral do torneio continental, com 16 pontos dentro do Grupo F. A pontuação é a mesma do Flamengo no Grupo H, mas o River tem vantagem no saldo de gols. O dono da melhor campanha é o Palmeiras, com 18 pontos no Grupo A e 100% de aproveitamento.

Além de Álvarez, apenas Santiago Simón e Elías Gómez marcaram na goleada. O único gol do Alianza lima saiu nos minutos finais, em uma cobrança de pênalti de Pablo Lavanderia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.