Juliano fará sua estréia no Ituano

A principal novidade do Ituano para a estréia no Superpaulistão, domingo, às 16 horas, contra o Corinthians, no Estádio Novelli Junior, será o meia Juliano. Emprestado pelo União São João de Araras, ele não precisou mais do que um treino para ganhar a confiança do técnico Ademir Fonseca."O menino está com moral elevado, em plena forma e mostrou personalidade", avaliou o técnico. Já o meia, surpreso, não esperava ser titular tão facilmente. "O Ituano tem grandes jogadores e vim para o clube com o objetivo de somar. Mas estou pronto para mostrar meu futebol". Juliano, de 22 anos, é habilidoso e cobra faltas. No Campeonato Paulista da Série A1 ele marcou 10 gols. A contusão do experiente Ranielli, que na quarta-feira sentiu uma fisgada na virilha, também colaborou para a escalação de Juliano. Mas quem perdeu a vaga no time foi o atacante Tita, porque o meia Basílio, ex-Palmeiras, vai atuar mais adiantado ao lado de Fernando Gaúcho. Ademir Fonseca não exigiu muito de seus jogadores nos treinamentos. Mas fez questão de ressaltar a importância que o Superpaulistão pode ter na carreira deles. "Chegou a hora de cada um jogar por sua vida. Agora vale tudo, até comer grama", comparou Fonseca. Essa disposição é que o técnico tentou passar ao elenco do time campeão paulista, que está com moral elevado. Todos evitaram comentar a possibilidade do Corinthians atuar com alguns reservas, tendo em vista a maratona de jogos das últimas semanas, quando conquistou os títulos do Torneio Rio-São Paulo e da Copa do Brasil. "O Corinthians é forte em qualquer circunstância", resumiu Basílio, que foi o diferencial do time na campanha vitoriosa do Paulista. O jogo será transmitido, ao vivo, pela televisão. Mesmo assim, existe uma expectativa muito grande na cidade pela presença do Corinthians. Perto de três mil ingressos foram vendidos até o começo da noite de sexta-feira nas bilheterias do estádio. A diretoria promete uma grande festa aos, que poderão assistir a uma cena inédita: o Ituano recebendo o troféu e as faixas de campeão paulista. O clube aproveitou a maré alta para acertar um contrato provisório de patrocínio para suas camisas. A cervejaria Schincariol, de Itu, vai pagar R$ 150 mil para estampar seu logotipo nas camisas do time nos dois jogos iniciais do Superpaulistão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.