Eduardo Nicolau/AE
Eduardo Nicolau/AE

Júlio César critica bola que será usada na Copa

'É horrível, horrorosa, muito ruim', afirma o goleiro sobre a Jabulani, modelo fabricada pela Adidas

ANDRÉ CARDOSO, Enviado Especial - Agência Estado

28 de maio de 2010 | 09h24

Titular absoluto da seleção brasileira, Júlio César fez nesta sexta-feira duras críticas à bola que será utilizada na Copa do Mundo na África do Sul. "É horrível, horrorosa, muito ruim", afirmou o goleiro, em entrevista coletiva realizada após o primeiro treino com bola em Johannesburgo.

Veja também:

CBF define prêmio de R$ 1 milhão pelo título

Com grupo completo, seleção faz treino puxado

Taffarel ajuda no treino dos goleiros da seleção

SIMULADOR - tabela Dê os palpites para a Copa

BLOG BRASIL NA COPA - forum Os bastidores da seleção

Fabricada pela Adidas, a bola da Copa de 2010 foi chamada de Jabulani, que significa "celebrar" no idioma zulu, um dos 11 que são falados na África do Sul. Para Júlio César, no entanto, "parece aquelas bolas que você compra em supermercado".

Júlio César citou o caso da bola para lembrar que o goleiro é sempre prejudicado nesses assuntos. "Goleiro não leva vantagem em nada", afirmou ele, ao comentar também sobre a paradinha na cobrança de pênalti, que dificulta a vida de quem está no gol.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.