Julio Cesar exalta Neymar e vê craque à frente de Balotelli

Durante entrevista realizada nesta quinta-feira, Julio Cesar disse que o atacante Neymar, aos 22 anos, é um jogador maduro e completo 

Robson Morelli - enviado especial a Teresópolis, O Estado de S. Paulo

19 de junho de 2014 | 21h42

Entre Balotelli e Neymar, dois protagonistas desta Copa, o goleiro Julio Cesar preferiu o atacante da seleção brasileira, respondendo a uma pergunta de um jornalista italiano nesta quinta. O repórter queria saber quem está mais maduro para ajudar suas seleções a vencer o Mundial. Julio pensou alguns segundos antes de ficar com o companheiro. "Joguei com o Balotelli na Inter de Milão, era um garoto ainda, de 17 ou 18 anos. Ele é um grande jogador, mas o Neymar é diferenciado. Está entre os três melhores do mundo, e tem muito mais a dar para o futebol do que Balotelli."

Balotelli é atacante da Itália, que venceu sua primeira partida diante da Inglaterra com bela atuação de Andrea Pirlo. Nesta sexta-feira, os italianos enfrentam a Costa Rica na Arena Pernambuco.

Julio conheceu Neymar na seleção brasileira. E confessou ter ficado abismado com as coisas que ele faz nos treinamentos, e ainda tão novo, com 22 anos apenas. "O Neymar ainda vai fazer muita gente sorrir e se divertir com o futebol. Ele está mais maduro. É um jogador completo, diferentemente do italiano."

Brasil e Itália podem se enfrentar na fase de mata-mata. Julio entregou que os jogadores da seleção, como todos os torcedores brasileiros, também fazem as contas para a classificação. "É normal isso. Todo mundo faz. Nós fazemos as contas até dos outros grupos." O que Julio não abre mão é de uma vitória diante de Camarões nesta segunda-feira. "Queremos ganhar sempre. Não importa se vamos pegar A, B ou C. O que queremos é vencer o próximo jogo e ganhar mais confiança." 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.