Júlio César vira "cidadão campineiro"

O ex-zagueiro da seleção brasileira, Júlio César, vai ganhar o título de "cidadão campineiro". Nesta quinta-feira, o jogador de 37 anos irá receber a honraria, em solenidade marcada para o Clube Regatas de Campinas, cidade onde ele mora desde os tempos em que atuava nas divisões de base do Guarani.Depois desse começo no Guarani, Júlio César atuou por mais de 12 anos no exterior. Passou por três países da Europa: França, Itália e Alemanha. Nesse período, sua maior conquista foi o título mundial interclubes, com o Borussia Dortmund (Alemanha), em 1997, na final contra o Cruzeiro, em Tóquio."Estou feliz por ter sido reconhecido pela cidade. Vim para cá garoto e não sabia o que iria acontecer", agradeceu o ex-jogador. Júlio César se destacou rapidamente no time principal do Guarani, sendo logo negociado para o exterior. Em 1986, foi titular da seleção brasileira que disputou a Copa do México.Quando voltou ao Brasil, em 99, ele até pensou em abandonar a carreira. Mas teve uma rápida passagem pelo Botafogo-RJ, ano passado. Nesta temporada, disputou alguns jogos do Campeonato Paulista pelo Rio Branco. Aos 37 anos, ele ainda sonha em defender algum clube na região de Campinas e não esconde o desejo de voltar ao Guarani.Por enquanto, Júlio César atua como empresário, mantendo uma escolinha de futebol na região de Campinas e comandando uma fábrica de bolas que, segundo ele, "tem qualidade internacional". O zagueiro, porém, insiste em continuar jogando e espera o convite de algum clube para isso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.