Jundiaí derrota o Corinthians: 3 a 1

O Corinthians começou mal a fase de preparação para o Campeonato Brasileiro. O time, desentrosado e sem ritmo de jogo, acabou sendo derrotado nesta quarta-feira pelo Jundiaí (ex-Etti e ex-Paulista), por 3 a 1, levando três gols de contra-ataque. Os titulares, com dois desfalques - Deivid, contundido, e Leandro, poupado por ter sentido dores no tornozelo esquerdo - estiveram em campo apenas no primeiro tempo de 50 minutos do jogo-treino, que acabou 2 a 1 para o time do interior. Na etapa final, os reservas levaram mais um. O técnico Carlos Alberto Parreira afirmou que o resultado é o que menos importava na partida desta quarta-feira. "A gente tem é de jogar, porque claramente o time está sem ritmo." Para o treinador, os jogadores se mostraram desatentos na marcação e acabaram surpreendidos pelos contra-ataques. Sábado, às 15h30, o Corinthians disputa mais um amistoso, agora contra o Santos. E aí o discurso de que "perder na fase de preparação não tem qualquer importância" começa a ficar diferente. A idéia de Parreira é fazer poucas alterações na equipe - duas ou três mudanças, segundo ele - e já testar, na Vila Belmiro, um esboço do time que vai estrear no Brasileiro (contra o Atlético-MG, dia 11). "A gente tem de começar a ganhar força para a estréia." O técnico, no entanto, voltou a insistir na necessidade de reforços. "Temos um bom grupo, mas faltam peças de reposição. Num campeonato nacional, é impossível não ter reservas à altura." Parreira pede aos dirigentes do Corinthians a contratação de pelo menos mais um atacante. Leandrão, do Inter-RS, e Dodô, do Botafogo-RJ, estão sendo negociados. Sem contar que, com a possível saída do meia Ricardinho, ficará faltando um armador no meio-de-campo da equipe. "Mas eu sei que as coisas não são fáceis. Falta dinheiro. Ninguém está contratando", explicou Parreira. Ele disse que a diretoria o mantém informado de todas as negociações. "Até agora não tem nada de novo." A torcida corintiana não recebe boas notícias, mas, mesmo assim, continua fiel ao clube. Nesta quarta-feira, mais de mil torcedores compareceram ao Parque São Jorge para ver a derrota da equipe. E ovacionaram os atletas do Corinthians mesmo nos gols adversários. O zagueiro Anderson, que acabou de conquistar a posição de titular do Corinthians, marcou o único gol da equipe, após um escanteio da esquerda. Aldrovani, Geraldo e Rubsen fizeram os três do Jundiaí.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.