Jundiaí faz festa do acesso no sábado

Uma grande festa está programada para sábado, em Jundiaí, com o acesso do Etti para a série A-1 de 2002. A diretoria está pedindo à Federação Paulista de Futebol aumento na quantidade de ingressos para receber os torcedores do "Galo", prevendo público de 15 mil pessoas. O tricolor precisa apenas de um ponto para se tornar campeão da série A- 2, jogando em casa contra a Paraguaçuense, no Estádio Jaime Cintra.Casas noturnas da cidade, como a San Remo e o Rei da Noite, anunciaram nesta segunda-feira que vão promover bailes de comemoração aos torcedores. Patrocinadores estão dispostos a levar chope de graça para o título, ao final da partida. Até um carro do Corpo de Bombeiros foi reservado para o desfile da vitória pelas ruas da cidade.A comemoração da classificação antecipada já ocorreu também neste domingo (24), com a derrota do Juventus para o Olímpia e o empate do Santo André contra a Paraguaçuense. Aproximadamente 15 mil torcedores foram para a avenida Nove de Julho. Nos bairros mais distantes do Centro houve carreatas e muitos fogos.O diretor-geral do Etti, Marcos Bagatella, prometeu grande festa para a torcida, em agradecimento pelo apoio, dentro das normas exigidas pela Polícia Militar. Ele diz também que a equipe será reforçada com grandes nomes na A-1, mas não "como uma seleção, com uma equipe competitiva". Para receber as faixas de campeão, Bagatella quer um jogo com equipe dos grandes da Capital.O comandante da Polícia Militar no Estádio, o tenente Marlon Níglia, diz que haverá rigor, para evitar abusos. Estão proibidos menores de 5 anos e os maiores até 12 anos devem estar com pais e documentos. Não podem entrar torcidas uniformizadas e nem jornais, revistas, bandeiras com mastros, rádios grandes e fogos.

Agencia Estado,

25 de junho de 2001 | 11h33

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.