Jundiaí planeja somar pontos em casa

Depois do empate com a Ponte Preta, por 1 a 1, em Campinas, o time do Etti Jundiaí planeja somar pontos nos três jogos que irá disputar em sua casa, no estádio Jaime Cintra, em Jundiaí, ainda pela fase de classificação do Torneio Rio-São Paulo. Nos planos da comissão técnica, está uma velha matemática do futebol: vencer em casa e somar pontos fora. Estas contas são reforçadas pelo fato de que dois adversários que serão recepcionados em Jundiaí são considerados fracos: Americano, domingo, e América, no dia sete de abril. O outro é o líder Palmeiras. "Se não pensarmos de forma positiva, de olho na classificação, daí é que ficamos para trás", argumenta o técnico Giba. Os cálculos chegam à conclusão de que o time para chegar às semifinais terá que somar, no mínimo, 25 pontos. No momento, o Jundiaí ocupa a 10ª posição com 13 pontos. O empate em 1 a 1 com a Ponte Preta, pela nona rodada do Torneio Rio-São Paulo, ainda não foi digerido pelo técnico Giba, do Etti Jundiaí. Segundo ele, o time se preparou durante toda a semana com a possibilidade da chegada do volante Mineiro na intermediária, mas que acabou tomando o gol de empate justamente na jogada mais treinada pelos jogadores. "Alertei os jogadores para que não desgrudassem do Mineiro. Mas acabamos tomando gol justamente dele", lamentou o treinador. Para enfrentar o Americano, Giba já sabe que terá pelo menos um desfalque. O atacante Nenê recebeu o quinto cartão amarelo e está suspenso. Para o seu lugar, Giba ainda não definiu, mas é provável que Cléber, emprestado junto à Portuguesa, seja o substituto. Além dele, o volante Vágner Mancini ainda é dúvida. Depois de desfalcar a equipe nas duas últimas partidas, o jogador está praticamente recuperado de uma contusão no joelho e pode retornar ao time. Caso não seja liberado pelo departamento médico, Léo será mantido entre os titulares.

Agencia Estado,

11 Março 2002 | 16h27

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.