Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Juninho cobra Palmeiras sem expectativa: 'Pensar jogo a jogo'

Zagueiro pede para time evitar cobrança excessiva de sonho de título brasileiro

O Estado de S. Paulo

20 de setembro de 2017 | 11h00

A chance matemática de título deixa o Palmeiras em uma situação curiosa no Campeonato Brasileiro. Embora exista a expectativa e alimente o sonho da conquista, o elenco tenta evitar se pressionar demais, para que isso não atrapalhe. O zagueiro Juninho afirmou nesta terça-feira que a melhor saída para isso é pensar em um jogo de cada vez.

No entender do técnico Cuca, a excessiva expectativa foi uma das responsáveis pelos fracassos da equipe nesta temporada, como as eliminações precoces nas competições disputadas. "O objetivo nosso no momento é pensar jogo a jogo e cada partida, se vier vitória, isso é o mais importante. Aí, sim, pensamos no final do campeonato se vamos chegar a ser campeão, se ganhamos o segundo turno, ou não", disse o zagueiro em entrevista à ESPN.

Atualmente são 13 pontos de desvantagem do Palmeiras para o líder, Corinthians. As duas equipes ainda têm um confronto direto pela frente, na arena alvinegra, marcado para novembro. Até lá o Palmeiras espera estar mais confiante e preparado. "Pouco a pouco vamos conseguindo vitórias, adquirindo confiança. Aquele ponto do empate com o Atlético-MG só valaria se vencesse o próximo jogo, o que nós conseguimos", comentou.

O defensor ainda falou durante a entrevista da reintegração do volante Felipe Melo ao elenco. "Ele não voltou diferente, não. Sempre foi um jogador brincalhão, ajudando a gente dentro de campo. Quando ele chegou e foi reintegrado, chegou falando com a gente e trabalhou forte no campo", elogiou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.