Juninho cobra reação do elenco do Botafogo

Dois dias antes do jogo contra o Corinthians, domingo, no Morumbi, o capitão Juninho tentou mexer com os brios dos jogadores do Botafogo, abatidos com a situação delicada do clube no Campeonato Brasileiro, onde ocupa a zona de rebaixamento.

AE, Agencia Estado

21 de agosto de 2009 | 20h46

"Temos que colocar a cara a tapa e sermos homens para sair dessa situação, assim como entramos nela. Se trabalhando as coisas estão difíceis, imagina se deixarmos de trabalhar", assegurou o zagueiro.

O técnico Estevam Soares aprovou a postura do zagueiro e afirmou que os jogadores devem se comunicar nos treinos. "Toda a grande equipe deve falar dentro de campo e eles fizeram isso hoje. Eu falo bastante durante os treinamentos, mas é preciso que eles se comuniquem, afinal, na hora do jogo eu não estarei dentro de campo", assegurou.

O Botafogo está na 18º colocação do Campeonato Brasileiro com vinte pontos conquistados, enquanto o Corinthians é o sexto com 31.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoBotafogoJuninho

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.