Juninho critica ataque do Corinthians

A falta de criatividade do time corintiano, que não criou nenhuma chance de gol, foi reconhecida pelos jogadores após a derrota por 1 a 0 para o Coritiba, nesta quarta-feira à noite, no Estádio Couto Pereira. ?Não fomos inferiores ao time do Coritiba, mas criamos poucas chances de gol?, lamentou o meia Jameli. E, como reproduzindo o ditado de quem não faz, leva, o Coritiba saiu vencedor. E mais uma vez de falta, ressaltaram os corintianos. ?Eu acho que não foi falta?, acentuou Jameli. Mas a vitória do Coritiba não foi contestada. ?O jogador deles (Maurinho) teve felicidade", disse o zagueiro Anderson. Para o meia Bobô, que entrou no segundo tempo, a juventude do time corintiano também pesou. ?Não criamos chances e o Coritiba mereceu a vitória.? O técnico Juninho disse que não há ?nada de anormal? acontecendo com o Corinthians. Segundo ele, o time jogou melhor do que contra o Santos, mas ?a parte ofensiva ficou a dever?. Para ele, o jogo foi equilibrado. Juninho disse não ser verdade que ele esteja apenas pensando em formar um time para 2004. ?Também estamos pensando em 2004, mas a nossa preocupação é com o Goiás (próximo adversário).? Segundo ele, a derrota não é boa, porque o time novamente vai jogar sob pressão. ?A preocupação é viver trabalhando com resultado negativo, mas nada que me descabele.? O técnico disse que os jogadores corintianos, apesar de jovens, não podem se sentir pressionados. ?Alguns estão dando resposta boa, mas outros estão sentindo um pouco mais.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.