Juninho diz que Botafogo tem obrigação de vencer Sport

O início ruim do Botafogo no Campeonato Brasileiro tem causado uma incômoda cobrança em General Severiano. Após empatar as duas primeiras partidas e perder para o Grêmio no último domingo, a equipe já aparece na zona de rebaixamento, com apenas dois pontos somados. No próximo sábado, encara o Sport no Engenhão, e para o capitão Juninho, a vitória é uma obrigação.

AE, Agencia Estado

26 de maio de 2009 | 21h06

"Temos de vencer esse jogo de qualquer jeito. Perdemos pontos que não podíamos e é nossa obrigação assegurar uma vitória em casa", decretou o zagueiro nesta terça-feira. "Até porque temos um clássico importante em seguida", completou, se referindo ao jogo contra o Fluminense, no Maracanã. Se não vencer no Engenhão, certamente o Botafogo chegará em crise para a partida diante do arquirrival.

Depois da boa campanha no Campeonato Carioca, o motivo mais apontado para a queda de rendimento é a perda de peças importantes do elenco. O meia Maicosuel foi negociado com o Hoffenheim, da Alemanha, e o atacante Reinaldo segue se recuperando de lesão desde o primeiro jogo das finais do Estadual. Desta forma, do trio que se destacou no início do ano, restou apenas Victor Simões.

O técnico Ney Franco vem tentando fazer o ataque render mais - já testou Jean Coral e Tony -, e deve mexer novamente na equipe para o próximo jogo. Ao menos, ele tem a confiança do elenco. "O técnico tem crédito para fazer as mudanças que bem entender no time. E nós confiamos plenamente. Espero que as alterações deem certo e nosso time cresça nesse início de competição", disse Juninho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.