Juninho diz que está pronto para jogar em qualquer posição

O meia Juninho Pernambucano afirmou nesta quarta-feira que não tem problemas em jogar como segundo volante ou meia na seleção brasileira, e que essa opção não deve ser feita por ele, mas pelo técnico Carlos Alberto Parreira. "No Brasil a gente está acostumado a escolher posição quando começa a jogar, mas depois percebe que não é assim", afirmou o meia, antes do treino da tarde desta quarta-feira, em Königstein, na Alemanha.Juninho, que começou a carreira como meia ofensivo no Sport e depois no Vasco, virou volante no Lyon, nas duas últimas temporadas. Foi assim que entrou no jogo de domingo, contra a Nova Zelândia, no lugar de Zé Roberto. "Eu me sinto apto para jogar em qualquer posição, foi assim que vim jogando pelo Lyon", disse o volante, consciente de que é, hoje, uma das principais opções de Parreira para mudar a equipe - ainda em Weggis, na primeira etapa da preparação, o técnico disse que ele nem sequer podia ser considerado um reserva."A gente sabe que a seleção vai precisar de todo mundo durante a Copa", disse o jogador, que, apesar de estar em seu primeiro Mundial, sente, aos 31 anos, que talvez não tenha oportunidade de voltar a uma Copa. "Espero que eu possa aproveitar da melhor forma possível essa oportunidade."Torcida contraÍdolo da torcida de Berlim por suas consistentes atuações pelo Hertha, o lateral-esquerdo Gilberto afirmou que não espera contar com o apoio do público no jogo contra a Croácia, no dia 13, estréia do Brasil na Copa. "Todo mundo gosta muito de ver o futebol brasileiro, mas eles não querem que o Brasil avance, pois têm medo de que enfrentemos a Alemanha na final", contou o lateral, que na sua equipe atua mais pelo meio-de-campo.Gilberto elogiou o companheiro Nico Kovac, meia titular da Croácia, e disse que o Brasil tem de tomar cuidado para não ser surpreendido. "Sabemos que é uma seleção muito perigosa, mas estamos preparados para enfrentá-la", explicou. Para ele, estrear no mesmo estádio que receberá a final da Copa é bom. "Podemos projetar boas atuações para voltarmos lá no dia da decisão."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.