Juninho Paulista acredita no título

O meia Juninho Paulista reconhece que, no Vasco, vive o melhor momento de sua carreira, e acredita que os três gols marcados na goleada histórica, por 7 a 0, sobre o Botafogo, domingo, pelo Campeonato Carioca, praticamente asseguraram ao Vasco o título da Taça Rio, ou seja, do returno da competição."Estamos a uma vitória da conquista, não podemos pensar em outra coisa agora", disse, esquivando-se de falar sobre seleção brasileira. Juninho tem sido considerado o melhor jogador do Carioca, assim como foi do Campeonato Brasileiro de 2000. Mesmo assim, é reserva na seleção de Emerson Leão. "No futebol, tudo é muito rápido e inconstante; por isso, neste momento, o que importa é o título do Vasco", prosseguiu. Embora não admita publicamente, Juninho ficou decepcionado pelo fato de não ter sido incluído entre os titulares no jogo recente em que o Brasil empatou com o Peru, no Morumbi, pelas eliminatórias do Mundial de 2002.Para ser o campeão antecipado, o Vasco precisa derrotar o América, no sábado. Apesar de ter somente três pontos de vantagem sobre o Americano, e ainda faltar duas rodadas para o fim da Taça Rio, o Vasco tem 9 gols de saldo, primeiro critério de desempate, a mais do que o adversário, e dificilmente será superado. Se confirmar o favoritismo, os vascaínos decidirão com o Flamengo, campeão do primeiro turno, o Carioca de 2001.O Vasco volta a campo, para enfrentar o Peñarol, pela fase classificatória da Taça Libertadores da América, quarta-feira, em Montevidéu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.