Juninho Pernambucano defende renovação da seleção

Do grupo que defendeu o Brasil na Copa na Alemanha, 11 jogadores estavam no último Mundial, em 2002. Para o meia Juninho Pernambucano, após a eliminação nas quartas-de-final em 2006, com a derrota deste sábado para a França, a seleção brasileira precisa de renovação para 2010.?O momento é muito ruim, mas temos que aceitar as críticas, mudar e renovar a seleção?, defendeu Juninho Pernambucano, que tem 31 anos e disputou sua primeira Copa do Mundo. ?A fila tem que andar. É hora de apostar nos mais jovens e pensar em 2010.?Com 36 anos, Cafu pode ter se despedido da seleção brasileira após a derrota deste sábado. Apesar disso, ele disse que ainda tem disposição e energia para defender o Brasil.?Estou à disposição do futebol e da seleção brasileira, vai depender do treinador?, revelou Cafu, que não concorda com Juninho Pernambucano sobre a necessidade de uma grande renovação do grupo. ?Toda seleção tem que ter jogadores experientes. Tem que mesclar.?Além de Cafu, vários jogadores podem ter se despedido da seleção na derrota deste sábado. É o caso, por exemplo, do lateral Roberto Carlos (33 anos) e do goleiro Dida (32 anos).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.