Juninho Pernambucano: dupla cidadania

O Olympique de Lyon pede que o brasileiro Juninho Pernambucano se naturalize francês. Juninho é uma das estrelas do time que lidera o campeonato francês e ainda tem o melhor ataque da Liga dos Campeões da Europa, com 27 gols. O presidente do clube, Jean Michel Aulas, informa que o pedido de naturalização faz parte da proposta de renovação do contrato do brasileiro com o Lyon que começa a ser debatido. "Queremos uma prolongação do contrato de Juninho por quatro anos.Seriam três anos de contrato e um ano opcional. Mas também estamos solicitando que o jogador se naturalize, o que lhe dará a dupla cidadania (francês e brasileiro)", afirmou Aulas. Segundo a lei francesa, uma pessoa que esteja trabalhando por mais de cinco anos no país pode fazer tal pedido às autoridades. "Juninho já poderá fazer parte desse grupo de trabalhadores", explicou o presidente. Outro que está na mira dos franceses é Cláudio Caçapa, que também já está completando cinco anos de atuação pelo Lyon e também pode ter dupla nacionalidade. "Tanto Caçapa como Juninho são essenciais para nossa equipe", disse o cartola da equipe que conquistou o campeonato francês em suas duas últimas edições e caminha para o tricampeonato. O Lyon está onze pontos a frente dos demais concorrentes no atual campeonato. Para Aulas, caso esses dois jogadores aceitem ter passaportes europeus, o clube terá a possibilidade de trazer novos atletas de outras regiões do mundo. O Lyon revela que está em negociação para levar mais um brasileiro à equipe a partir de julho. "Não posso por enquanto dizer o nome desse jogador, mas lembro que sempre contratamos grandes atletas", completou o presidente do Lyon.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.