Júnior Baiano é suspenso por 5 jogos

O zagueiro Júnior Baiano vai ter de pagar caro pelo gesto feito com a mão para dizer que o árbitro Wagner Tardelli estaria roubando o Flamengo, quando de sua expulsão na partida contra o Volta Redonda, em 27 de fevereiro, válido pela Taça do Rio. Ele foi suspenso por cinco jogos nesta quarta-feira à noite pelo Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) do Rio. Dessa forma, só existe uma possibilidade de Baiano voltar a atuar pelo Rubro-Negro no Campeonato Carioca: no segundo jogo da decisão da competição, desde que o Flamengo conquiste o título da Taça Rio, o segundo turno do Carioca, e se classifique à final.No julgamento desta quarta-feira, o zagueiro foi condenado por unanimidade pelos auditores do TJD: quatro votos a zero. O Flamengo vai recorrer da decisão ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e tentará um efeito suspensivo. Baiano não compareceu ao plenário. Ele estava com a delegação em Macapá, para o jogo da Copa do Brasil entre Flamengo e Ypiranga.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.