Júnior Baiano vira reserva no Flamengo

O técnico do Flamengo, Celso Roth, decidiu tirar o zagueiro e capitão Júnior Baiano do time titular, por deficiência técnica. Com esta decisão, para a partida contra o Palmeiras, quinta-feira, o treinador voltará ao sistema tático 4-4-2, já que vinha utilizando o 3-5-2. "A saída do Júnior Baiano foi uma escolha técnica minha. Até pelas coisas que estão acontecendo para ter o time que quero", afirmou Roth. "Estamos errando coletivamente, individualmente e são erros infantis, que vão do início ao término das partidas." De acordo com Roth, a opção por voltar ao sistema 4-4-2 se deve ao fato de o sistema anterior não ter funcionado na equipe. Destacou que, mesmo com três zagueiros, o Flamengo não conseguiu fazer uma marcação pressionando os adversários e ainda cedeu vários espaços para os oponentes armarem jogadas ofensivas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.