Júnior espera jogo difícil para o Atlético-MG em Recife

A vantagem construída pelo Atlético Mineiro na partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, ao vencer o Sport por 1 a 0, não tranquiliza Júnior. Para o lateral-esquerdo, a equipe adversária é sempre muito perigosa quando atua na Ilha do Retiro, em Recife.

AE, Agência Estado

19 de abril de 2010 | 20h16

"Será um jogo bastante difícil, como sempre é para qualquer equipe quando enfrenta o Sport na Ilha do Retiro. Mas estamos bem preparados", afirmou o lateral nesta segunda-feira.

Para o confronto de quarta-feira, Júnior explicou que o Atlético Mineiro precisará ser firme na marcação, sobretudo no início da partida. "Temos que marcar forte, sabendo que no início do jogo eles virão para cima. E procurar também fazer um gol porque, aí, eles terão que fazer três", acrescentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.