Júnior já procura técnico para o Fla

O ex-jogador Júnior confirmou que está mantendo "entendimentos" com a diretoria do Flamengo para aceitar o convite e ocupar o cargo de diretor-técnico. O problema é que o clube deve R$ 1 milhão a Júnior - dívida já sentenciada em última instância na Justiça. Mas o ex-craque rubro-negro, disposto a voltar a trabalhar no Flamengo, afirmou que abre mão de R$ 250 mil do que tem a receber. Hoje, confiante de que haverá um acordo, Júnior já começou a traçar o perfil do novo treinador do clube, a partir de janeiro, quando o presidente-eleito Márcio Braga tomar posse. "Precisa ser jovem, competente, que tenha ambições, bom trânsito nas categorias de base do clube e que queira participar desse processo de reestruturação do Flamengo."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.