Júnior não treina, mas deve jogar no Atlético-MG

O técnico Vanderlei Luxemburgo não quis aumentar o risco de ver o Atlético-MG ter que atuar com apenas nove jogadores na continuação do jogo contra o América-TO, nesta quarta-feira, fora de casa. Gripado, o lateral-esquerdo Júnior foi poupado dos treinamentos nesta terça. No entanto, o jogador não preocupa para os 25 minutos restantes da partida em Teófilo Otoni.

AE, Agencia Estado

23 de março de 2010 | 23h39

No interior mineiro, o Atlético retomará o jogo válido pela quinta rodada do Estadual, e que foi interrompido por causa da chuva, no último dia 3. Como o time atleticano já tinha perdido o lateral Leandro, expulso, terá que atuar com dez jogadores. Mas a situação poderia ser pior, já que o volante Corrêa e o atacante Diego Tardelli se machucaram antes da partida ser interrompida.

Como Tardelli se recuperou de lesão, restou a Luxemburgo utilizar a única substituição que ainda tem para colocar Evandro no lugar de Corrêa, que segue contundido. Por isso, caso Júnior não reúna condições de jogo, a equipe terá que atuar com nove jogadores, com o técnico atleticano tendo que escolher para qual posição utilizar a alteração disponível.

Diante da situação, o Atlético levará apenas dez jogadores para Teófilo Otoni. Na continuação da partida contra o América, marcada para as 16 horas desta quarta-feira, o time da capital deve ir a campo com: Aranha; Coelho, Cáceres, Werley e Júnior; Jonílson, Fabiano e Evandro; Diego Tardelli e Obina.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.