Bruno Cantini|Divulgação
Bruno Cantini|Divulgação

Júnior Urso é vendido para time chinês, mas diz: 'Queria ficar no Atlético-MG'

Volante foi negociado pelo Shandong Luneng para o Guangzhou R&F

Estadão Conteúdo

28 de dezembro de 2016 | 17h39

O volante Júnior Urso não vai mesmo ficar no Atlético-MG para a temporada 2017. Nesta quarta-feira, ele foi negociado pelo Shandong Luneng para outro clube chinês, o Guangzhou R&F. De acordo com a imprensa da China, o jogador brasileiro custou US$ 3 milhões ao seu novo time.

"Eu vou estar voltando para a China. Foi maravilhoso jogar pelo 'Galo' (o Atlético-MG). Nas negociações para minha permanência, porém, aconteceu que de eu continuar no Galo. Eles se interessaram pela minha compra e exerceram ela. Vou estar indo para a China novamente", disse o jogador ao canal por assinatura Fox Sports.

O volante, de 27 anos, atuou no futebol chinês em 2014 e 2015, pelo Shandong Luneng, depois de se destacar no Coritiba. Apesar de ser titular absoluto no time do técnico Cuca na China, conseguiu ser liberado para reforçar o Atlético em fevereiro. Chegou como contratação discreta, mas logo se firmou como titular.

Agora, volta à China para atuar pelo segundo time de Guangzhou, cidade também conhecida como Cantão no Brasil. Ali, vai atuar ao lado do também brasileiro Renatinho, atacante, ex-Ponte Preta e Coritiba.

Urso, porém, não esconde que seu desejo maior era permanecer em Belo Horizonte. "Para mim é tranquilo viver lá na China. Estou totalmente adaptado, mas gostaria de ter ficado no Galo", admitiu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.