Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Junior Urso rebate críticos do Corinthians: 'Quanto mais pedrada melhor'

Volante foi inscrito na Copa Sul-Americana e deve ser titular na partida contra o Deportivo Lara nesta quinta-feira em Itaquera

João Prata, O Estado de S.Paulo

22 de maio de 2019 | 15h45

O volante Junior Urso concedeu entrevista coletiva nesta quarta-feira, no CT Joaquim Grava, na véspera do jogo do Corinthians contra o Deportivo Lara, na arena em Itaquera, no duelo de ida da segunda fase da Copa Sul-Americana. O jogador comentou sobre o clima no elenco, que apesar de ter sido efetivo e conquistado recentemente o Campeonato Paulista, continua sofrendo críticas.

"Não que incomode, mas nossa ideia é contrariar todos que falam mal. Quanto mais pedrada, melhor. Vamos mostrar que somos fortes o suficiente para vencermos as batalhas da vida. Foi assim em Curitiba (na vitória por 2 a 0 sobre o Athletico-PR pelo Brasileirão). O próprio Palmeiras venceu e a posse de bola e futebol bonito era do Santos. E nada se falou. Consigo ver de maneira clara que o Corinthians enfrenta todos", afirmou o volante.

Apesar do discurso, o fato é que o Corinthians tem sofrido para balançar as redes do adversário. Nos últimos dois jogos em sua arena o time passou em branco. Perdeu para o Flamengo por 1 a 0 pela Copa do Brasil e ficou no 0 a 0 com o Grêmio pelo Campeonato Brasileiro.

"É difícil não marcar gols dentro de casa. Temos de mostrar nossa força e isso é possível marcando e vencendo. Espero que a gente possa reverter isso e que façamos os gols. Que comece uma sequência de gols e vitórias em casa novamente a partir de quinta-feira", afirmou.

Junio Urso é uma das novidades na lista de inscritos do time alvinegro para a Sul-Americana. Ele, Regis e Matheus Jesus entraram nas vagas de Romero, Thiaguinho e Gustavo Mosquito.  Urso deve ser titular na partida e os outros dois ficarão no banco de reservas. 

"Vencemos o Paulista, mas já passou. Queremos mais títulos. Contrariar o que todo mundo vem dizendo sobre o Corinthians. A ideia nossa é vencer a Sul-Americana. É um jogo importante contra o time venezuelana. Espero que a gente consiga o resultado e a classificação".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.