Justiça acusa 15 pessoas por morte de torcedor francês

A Justiça da Sérvia acusou, nesta terça-feira, 15 torcedores do Partizan Belgrado pela morte de um francês, fã do Toulouse, em setembro de 2009, na cidade de Belgrado, antes de uma partida pela Liga Europa. O torcedor chegou a ser internado em um hospital, mas morreu alguns dias depois.

AE-AP, Agencia Estado

19 de janeiro de 2010 | 17h35

Os promotores explicaram que 14 suspeitos foram acusados de assassinato em primeiro grau pelo ataque contra Brice Taton, em um café do centro da capital sérvia. O porta-voz Tomo Zoric indicou, ainda, que o outro suspeito foi acusado como cúmplice.

Ele disse nesta terça-feira que dois suspeitos seguem foragidos e serão julgados à revelia. Os acusados pela morte do torcedor francês podem pegar uma pena de até 40 anos.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolmorteJustiça

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.